segunda-feira, 29 de novembro de 2010

E as coisas, que mudam tão depressa…

Hoje cheguei a casa rebentada de cansaço e estou aqui a escrever sozinha no universo com os olhos postos na cama. Estava a lembrar-me que já houve uma altura em que neste dia, por esta hora, já estava semi-inconsciente. Agora mesmo só quero dormir e o meu interior sorri de felicidade com esse pensamento. Parabéns para mim. =) Amanhã recordamos os velhos tempos e fazemos festa, sem pressas.

3 comentários:

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

ois...tá laro ou scuro

o interior sorrindo é que nã me abarbatou

Miguel disse...

Beijo atrasado, Emma!
(muito atrasado mas enfim... dizem que mais vale tarde do que nunca...)

Miguel disse...

Dois anos depois, beijo a horas...

É uma pena que tenhas deixado de escrever porque eu gostava...

Espero que tenhas tido um excelente dia.