terça-feira, 23 de novembro de 2010

Machete doesn't text.



Para quem segue Robert Rodriguez esta ideia não deve ser novidade desde que saiu Grindhouse (2007), é um dos trailers falsos que aparecem no filme. Não tenho muito a dizer porque não interessa muito o que se diga, tem que se ver. Não é o melhor exploitation film de Rodriguez (de looooonge) talvez seja mais uma sátira a esse tipo de filme, com intenção de vender. É tudo muito superficial, principalmente as personagens. Bem, neste caso, a qualidade do filme pode ficar para segundo plano. Porquê? Porque se a ideia é divertir, o objectivo é atingido e com o extra de termos um grupo de actores super simpático. Agora está na moda a “reabilitação” da velha guarda (Mickey Rourke) e temos aqui um Danny Trejo espectacular na parte que lhe toca, não é a personagem mais profunda da história do cinema mas corta cabeças como manteiga e papa as mulheres todas (Rodriguez, Alba, Lohan, mãe da Lohan, todas mesmo). Temos também uma tentativa de reabilitação da Lindsay Lohan mas não posso falar disso porque estive ocupada a olhar-lhe para as mamas e não deu para ver a representação. Isto e a Michelle Rodriguez em soutien e calças de pele deve chegar para vos levantar da cadeira. Juro. Ou então não mas ao menos já ficaram a saber que eu adoro “mexploitation” mesmo que seja fraquinha.

3 comentários:

Miguel disse...

Tem algo de Tarantino, não?

Mas tu vais ao cinema para ver rolar cabeças e... mamas?
Queres ver que temos os mesmos gostos?

;)

Emma Bovary disse...

LOOOOOOOOL

Acho que sim. lol Gosto muito de mamas. Pena o FMI não ter mamas. Nem o Teixeira dos Santos.

:D

Ruca! disse...

"machete improvise." :)
mesmo isso, um filme feito para divertir, que n se leva a sério e q como tal deve ser apreciado pelo que é, uma paródia.
ja tinha sacado da net mas acho que vou revê-lo ao cine.